25 janeiro 2009

Ouvia ~ a ondulação ~ e batia ~ o coração

Encontrei
Um gatinho,
Contemplando o mar...
E fotografei
Com jeitinho,
Para não incomodar...

7 comentários:

Ada disse...

Caro Almor, que prazer sempre visita-lo. Poderia me dizer onde é o cenário de suas lindas fotos? Moras ali? Tenho curiosidades !! Me conta, por favor! Agradeço e mando beijos.

Chinezzinha disse...

Ai Almor,
Eu que estava tão fascinada com o "Geometria Variável" nem pensei que te referias ao "corpo" do poema. :$ rs Pensei que te referisses ao livro de onde retirei as palavras de N. Júdice.
Só hoje vi que vi qual o significado desse "Ui que belo livro esse..."
Santa ingenuidade e cabeça no ar. :(

Fizeste bem em deixar o gatinho a olhar o mar.
Beijinho

Almor Loução © disse...

Respondendo a Ada:
O cenário mais comum destas minhas fotos a gatos (sem dono) é no porto de pesca em Sines (perto de onde moro), onde há gatos passeando nas rochas e sempre bem alimentados (até os pescadores os tratam bem e alguns permitem que se abriguem nos armazéns onde têm as redes que assim ficam mais protegidas dos roedores - grandes ratazanas que também lá aparecem).
Agradeço as visitas e comentários. Bjs.

Almor Loução © disse...

Respondendo a Chinezzinha:
É isso mesmo. :)
Ah... e é melhor andar,
com ou sem distracção,
a cabeça no ar
do que no chão,
a rebolar... ;)

Lilazdavioleta disse...

Linnndo!

Bjo

Angelique disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Angelique disse...

Que delicia de foto. Amo quando os gatos ficam assim...estáticos...De olho em alguma presa. Passei para te visitar e já estou te acompanhado de perto. Lambeijos da Nina e da Missy